quarta-feira, 30 de maio de 2012

ITÁLIA PARTE 2 - FLORENÇA E ASSIS

FLORENÇA, CAPITAL DA TOSCANA E BERÇO DO RENASCIMENTO
O HOMEM COMO CENTRO DO UNIVERSO!

Piazzale Michelangelo
A primeira vista de Florença é de “exagero”. Tudo é exageradamente belo, perfeito e intenso. A cidade é pura arte, cultura e religião. Ferve na contestação aos modelos instituídos na época pela Igreja católica, assim como tem grandes representações do poder católico nas suas obras. Entendam que os mesmos artistas que criaram obras para a Igreja, são os mesmos que contestaram através de símbolos pagãos e da arte renascentista que era inspirada pela antiguidade clássica com representação da figura do masculino nu.
Em Florença vi de perto o que representa Michelangelo, Leonardo da Vinci, Giotto, Botticelli, Rafael Sanzio, dentre outros. É inacreditável como numa única cidade os gênios do renascimento estiveram presentes, imortalizados por suas obras, num mesmo período.

Por toda parte há réplicas de David. Conta-se que a perfeição anatômica da escultura deu-se pela curiosidade e busca da perfeição. Os artistas da época buscavam referências de anatomia nos hospitais e necrotérios. David é a imagem do herói bíblico, com corpo de homem e rosto de menino, preparando-se para a batalha contra Golias. As curvas são perfeitas e as dimensões impressionantes. Foram 02 horas na fila para conseguir ver o original e mais 01 hora admirando-a incansavelmente, pela perfeição do corpo e exatidão da emoção que era representada pelo medo da batalha com o grande Golias.


 
Ponte Vecchio (Ponte Velha) é uma Ponte em arco medieval sobre o Rio Arno. Famosa pelas lojas e mercadores.
Galeria Uffizi, onde abriga exemplos da arte Fiorentina, como “O Nascimento de Vênus” (de Botticelli), “Vênus de Urbino” (Ticiano) e a“Sagrada Família” (Michelangelo). Durante muito tempo, o Palazzo Vecchio e o Palazzo Pitti (ambos da Família Médici) eram unidos por um caminho particular que usava a galeria Uffizi, a Ponte Vecchio e uma passarela coberta sobre a rua.  Perto dali, a Piazza della Signoria é a coração de Florença. Está cercada por esculturas, como o “Perseu de Cellini” e o “Rapto das Sabinas”, de Giambologna.  Aqui, alunos e interessados em aprender sobre arte acampam diariamente e muitos se tornam mestres nas escolas de arte de todo o mundo.
  
 
Santa Croce: igreja que abriga mais de 200 sepulturas de imortais das artes, como Michelangelo, Ghiberti, Machiavelli, Dante e Galileo.




  

Basílica di Santa Maria Del Fiore é a catedral, ou Duomo, muito conhecida pela cúpula, obra Brunelleschi e pelo campanário, de Giotto.  



   

ASSIS, DE CHIQUINHO!
Tem um ar diferente! Sou devota de São Francisco de Assis e conhecer a cidade onde ele nasceu foi especial. Assis é muito conservada com uma arquitetura medieval encantadora.  Caminhando pela cidade reina uma paz e calmaria, digna de uma pequena cidade do interior e com um ar de compaixão e sabedoria, como imagino ter sido Francisco de Assis.
Ele era filho de um rico comerciante e teve uma vida mundana como qualquer jovem de sua época. Desfrutou da boemia e tentou se engajar em alguma profissão, sem muito sucesso. A partir do 20 anos, passou a ter visões e revelações. Dedicou-se ao serviço de doentes e pobres. Um dia, la pelos idos de 1205, quando rezava na igrejinha de São Damião, ouviu a imagem de Cristo lhe dizer: "Francisco, restaura minha casa decadente”. Utilizando-se do entendimento literal da mensagem, Francisco vendeu as mercadorias da loja do pai para restaurar a igrejinha. O pai, revoltado, o deserda e com total desapego aos bens materiais, Francisco inicia sua história de dedicação e caridade cristã. Em 1212, São Francisco fundou, com Santa Clara, a Ordem das Damas Pobres ou Clarissas. E em 1217, o movimento franciscano começou a se desenvolver como uma ordem religiosa. Tinha no corpo as 05 Chagas de Cristo ou "estigmatização" o que o enfraqueceu bastante e provocou sua morte muito jovem. Foi canonizado dois anos após sua morte e é o padroeiro da Itália.
A história de São Francisco é uma lição de amor e renuncia, e está muito bem representada no filme Irmão Sol, Irmã Lua, bastante útil para quem for conhecer a cidade de Assis.                 
A Basílica de São Francisco, onde está o corpo de São Francisco.

Veja a sequência desta viagem nos posts: Itália 1 / Itália 3













2 comentários:

  1. Uma, capital da arte; outra capital da dedicação...

    ResponderExcluir
  2. Sim prima....a Itália é assim...em cada lugar, uma energia canalizada ao que se propôs no passado. Seria muito bom para os brasileiros se pudessem conhecer um pouco mais regiões com histórias fortes...sim..é verdade que nem todo mundo pode viajar, mas se nós brasileiros lêssemos mais...(como você)...teríamos essa vivência. Você foi pontual na sua descrição.

    ResponderExcluir

Agradeço seu comentário. Andrea Pires

Visite Brasília

Andrea Pires

Blog Com Salto&Asas, um lugar onde compartilho memórias das viagens que mudaram minha vida, mas também inspiro mulheres que queiram experimentar a vida e sua própria companhia! Planejar, Sonhar e Realizar. Assim é que me sinto com o Mundo nas Mãos! Para contato direto comsaltoeasas@gmail.com

Cadastre seu e-mail

Tags

Adquira aqui seu e-book